5 Craques Que Nunca Brilharam Na Seleção Brasileira

Assim como eu sonhei em ser jogador de futebol, eu sei que muitos também sonharam, e aqueles que conseguem também sonham em fazer história em um grande clube.

Pois bem, entrar na história de um grande clube não necessariamente significa que este também vai fazer história ou vai brilhar em sua seleção.

 

Tá bom Fera

 

Eu vou te mostrar cinco Grandes Jogadores que nunca conseguiram brilhar com a amarelinha.

 

5 – Marcelinho Carioca

 

 

Para começar temos o grande Marcelinho Carioca, como nós sabemos ele teve uma passagem pelo Flamengo, e não se engane, no Flamengo ele jogou muita bola.

Por lá aprendeu bater falta, por lá ganhou o Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, enfim bicho, o cara teve uma grande passagem no Flamengo.

Mas é claro que nós conhecemos muito mais ele com a passagem que ele teve no Corinthians, ele jogou muita bola por lá, ganhou muitos títulos, virou senão o maior ou um dos maiores jogadores da história recente do Corinthians. O cara fez chover no clube, quem viu Marcelinho Carioca jogar sabe muito bem o que eu tô falando.

Porém ele tem uma baixa e obviamente o tema do artigo são os jogadores craques que não brilharam na seleção.

 

Marcelinho Carioca na Seleção Brasileira

Se você conhece Marcelinho Carioca você vai saber que ele pela seleção brasileira não não teve um papel muito importante. Para ser mais exato, ele jogou apenas três jogos pela seleção brasileira.

Ele já deu entrevistas falando que o Vanderlei Luxemburgo foi quem boicotou ele, mas aí, se aconteceu isso ou não aconteceu, não importa muito.

O que importa é que ele Não foi muito usado pela Seleção Brasileira, ou seja, ele não brilhou vestindo a amarelinha.

 

4 – Rogério Ceni

 

 

É agora talvez você esteja falando assim: Rogério Ceni? O que ele está fazendo nesta lista?

Sim, o cara foi para a seleção brasileira, o cara foi até mesmo um Penta Campeão do Mundo em 2002. Por que estão está nesta lista? O fato bicho, que ele foi para a seleção brasileira e ganhou Copa do Mundo sim, porém ele nunca foi extremamente importante para a seleção brasileira.

Nunca foi titular, e quando teve oportunidade de ser titular ele falhou, ou seja, ele nunca chegou a brilhar realmente com a seleção brasileira.

Se a gente comparar o Rogério Ceni da Seleção Brasileira com o Rogério Ceni do São Paulo, a balança fica meio desregulada, porque no São Paulo Rogério Ceni não é um dos maiores, ele é considerado o maior jogador que já vestiu a camisa do São Paulo. Foi campeão da Libertadores, Campeão Mundial, jogando muita bola foi Tricampeão Brasileiro seguido.

Tem uma história fenomenal além de ser o goleiro que mais fez gol em toda a história do futebol. O currículo dele não é um currículo de qualquer jogador é um currículo de um craque.

 

Rogério Ceni na Seleção Brasileira

Porém na seleção brasileira ele pouco fez. Foi campeão do mundo? Foi campeão do mundo! Mas como terceiro goleiro.

Quer dizer, não foi tão importante assim e eu não estou aqui criticando o Rogério Ceni, o objetivo é de dizer que foi um desperdício, porque ele é um bom goleiro poderia ser muito mais testado na seleção brasileira. Como isso não aconteceu e isso faz parte do futebol,  no gol é só um que joga não é que nem na linha que são 11.

Infelizmente isso acontece e é mais um craque que não conseguiu brilhar na seleção brasileira.

 

3 – Neto

 

 

Já o Neto eu vou falar pra você, tem os caras que gostam dele e tem uns caras que não gostam dele. Isso tudo porque é um comentarista, ele dá suas opiniões e obviamente as opiniões são divididas.

Por isso que acontece isso, mas falando exclusivamente do Neto como jogador, foi um jogador extraordinário.

Quando ele apareceu no Guarani, ele era novo e nos seus 19 e 20 até 21 anos era um jogador, que bicho, fazia coisas completamente diferente dos demais, como por exemplo gol de bicicleta.

 

Vídeo: “Gol de bicicleta de Neto jogando pelo Guarani, contra o Corinthians, no primeiro jogo da decisão do Camp. Paulista de 1988”

 

Isso é coisa que um cara que joga muita bola consegue fazer mas obviamente ele é lembrado assim como Marcelinho Carioca quando foi para o Corinthians.

Ele jogou muita bola no Corinthians, ganhou o primeiro Campeonato Brasileiro  da história do Corinthians. E o primeiro sempre fica marcado.

E um jogador deste nível obviamente a gente se pergunta, o que esse cara fez na seleção brasileira bicho?

 

Craque Neto na Seleção Brasileira

Na seleção Neto não fez muita coisa, por exemplo na copa de 1990 ele foi um cara bastante pedido, porém o técnico Sebastião Lazaroni que estava na época comandando a seleção não o levou.

Ele chegou a participar da Copa América de 1991, porém cara, ele jogou pouco jogos com a seleção brasileira.

Infelizmente não conseguiu desempenhar um grande papel assim como desempenhou no Corinthians e com certeza, assim como os outros, foi um desperdício.

Porque te falar o jogador Neto foi extraordinário jogando. Se você viu ele jogar você sabe o que eu estou falando.

 

2 – Evair

 

 

Bicho já o Evair, se você o conhece você sabe muito bem o que eu vou dizer. Evair foi um extraordinário jogador, um extraordinário atacante.

Jogou no Palmeiras no seu auge que foi mais ou menos em 1994. Era para ele estar na Copa de 94, porém o técnico Parreira não foi muito com a cara dele, e não quis convocá-lo.

Ele não fez falta porque a seleção do Brasil tinha um grande elenco. Romário, Bebeto e Raí foram os principais nomes que levaram a seleção brasileira ao tetra da Copa de 94 contra a seleção Italiana.

 

Evair na Seleção Brasileira

Mas falando do jogador Evair na seleção, ele chegou a jogar as eliminatórias, porém pouco jogou pela seleção.

Se a gente comparar o atacante extraordinário que ele foi no Palmeiras, chega-se à conclusão de que ele foi desperdiçado.

Porque o Evair jogava demais, era aquele atacante nato, ele o goleiro amigo, pode ir buscar a bola dentro da rede que era assim mesmo.

Então é mais um craque que não conseguiu brilhar na seleção brasileira de futebol.

 

1 – Djalminha

 

 

O grande campeão e vencedor dessa lista não poderia ser outro senão o Djalminha. Ele jogou muita bola no Flamengo e pouco se fala nisso, mas ele jogou muita bola no Flamengo sim.

Também foi para o Palmeiras e em apenas um ano, pouco mais de um ano, ele jogou tanto que é lembrado até hoje bicho.

Ele também jogou muita bola na Europa com aquele timaço do La Coruña. Na época que o Deportivo La Corunha era um grande time, tipo Atlético de Madrid nos dias de hoje.

Nós sabemos que é muito difícil um time enfrentar os grandes da Europa, ou mais especificamente os grandes da Espanha.

O La Coruña na temporada 2000 conseguiu isso, foi Campeão Espanhol deixando para trás o poderoso Real Madrid e o forte Barcelona. O Djalminha fazia parte daquele time.

 

Djalminha na Seleção Brasileira

No entanto, na seleção brasileira ele já não foi tanto utilizado assim. O que é de se espantar porque um talento extraordinário do Djalminha.

Se você não sabe era pra ele ter ido pra Copa de 2002, porém ele deu uma cabeçada no técnico do La Corunha, o Felipão viu isso e falou: Cara, depois dessa não quero você no meu time. Tirou o Djalminha e chamou quem?

O Kaká, na época menino, jogava demais. Por isso que o Kaká foi, porque se não fosse essa cabeçada do Djalminha, dificilmente o Kaká iria.

Mas infelizmente essas coisas acontecem, ele já deu entrevista falando que não tem mágoa nenhuma contra o Felipão.

Mas nós que acompanhamos o futebol a gente sabe que um talento e tanto desperdiçado, como jogava bola esse Djalminha.

Leave a comment
Stay up to date
Register now to get updates on promotions and coupons.

Carrinho de compras

×