A Incrível História de Ronaldo Fenômeno

Para muitos um dos melhores jogadores de futebol de todos os tempos. Rápido, veloz, imprevisível e inalcançavel. Este era Ronaldo, o Fenômeno.

 

 

No dia 22 de setembro de 1976, Rio de Janeiro, nascia Ronaldo Luís Nazário de Lima. Ronaldo teve uma infância pobre e como a maioria dos garotos era apaixonado por futebol.

 

 

 

Ronaldo Fenômeno Começou no Futsal

 

 

Iniciou sua carreira no futsal em 1990, aos 14 anos transferiu-se para o Social Ramos Clube do Rio de Janeiro.

 

Veja isso também:

  1. _ A história de Vinicius JR 
  2. _ Documentário da história de M. Salah
  3. _ Conheça a história de Ibrahimovic

 

 

Primeiro Time de Campo do Fenômeno

 

 

Logo depois Ronaldo fez a mudança para o gramado, jogando nas categorias de base do clube São Cristóvão, pequeno time da cidade.

 

 

O Cruzeiro Descobriu Ronaldo Fenômeno

 

Em 1993 aos 16 anos, O Cruzeiro descobriu o Ronaldo. Jairzinho o viu no São Cristóvão e o Cruzeiro pagou 10 mil dólares pelo menino. Meus caros, aos 16 anos o cara já disputava a sua primeira partida como profissional.

 

 

Pouco mais de um ano no Cruzeiro, e ele teve atuações marcantes. Em novembro de 1993, Ronaldo se tornou o primeiro jogador da história do Cruzeiro a marcar 5 gols em uma mesma partida – goleada sobre o Bahia, por 6 a 0, no Mineirão.

 

A partida ficou marcada pela lambança do goleiro Rodolfo Rodríguez, que deixou a bola no chão. Ronaldo se aproveitou do descuido e marcou o gol.

 

 

Assim que chegou já foi tratado como fora de série, Ronaldo conquistou a Copa do Brasil de 93 e o Campeonato Mineiro de 94 pela raposa.

 

 

Ronaldo assina com o PSV

 

Pouco antes da Copa do Mundo de 94 com uma marca expressiva de 44 gols em 46 partidas, Ronaldo assina com o PSV da Holanda. O Cruzeiro vendeu o joador por 6 milhões de dólares tudo isso com apenas 17 anos.

 

 

Depois de voltar dos Estados Unidos sendo Campeão Mundial mesmo sem jogar em 1994, Ronaldo vai para o PSV. Não decepcionou em sua primeira temporada e foi o artilheiro do Campeonato Holandês com 12 Gols a mais que o segundo colocado.

 

 

 

As Lesões começaram no PSV

 

Na temporada seguinte os primeiros problemas com o joelho começaram a se manifestar. Apesar da recomendação médica de passar por uma recuperação lenta e esperar a conclusão, Ronaldo volta aos gramados ficando no banco de reservas.

 

A primeira cirurgia ocorreria em fevereiro de 1996, após uma ressonância magnética constatar inflamações nos joelhos e calcificação no joelho direito.

 

 

Fenômeno Irritado na Reserva

 

O irritava muito ficar no banco, esse foi motivo para que Ronaldo decidisse sair do PSV. Jogando pelo PSV Ronaldo disputou 57 jogos e fez 54 Gols.

 

 

Barcelona Compra Ronaldo

 

O Barcelona comprou o jogador por 20 Milhões de dólares. Na temporada 96/97 jogando pelo Barça o mundo se rende ao brasileiro. Com jogadas extraordinárias e gols antológicos.

 

El Fenomeno

 

 

Eleito Melhor do Mundo

 

No meio daquele ano, Ronaldo fez dupla de ataque com Romário, outro a sair do PSV rumo ao Barça. Ronaldo faria jus ao dinheiro gasto, fechando o ano de 1996 com 17 Gols em 20 Jogos. Acabaria eleito pela primeira vez o melhor jogador do mundo pela FIFA em 1996.

 

 

Gols de Ronaldo (19 anos) no Barcelona

 

A temporada 1996/97, sua única pelo clube catalão, encerrou-se sem o título espanhol, que por 2 pontos ficou com o rival Real Madrid. Ainda assim, Ronaldo foi artilheiro do Espanhol com 34 gols em 37 jogos, ganhou a Copa do Rei e a Recopa Europeia, com gol dele na decisão contra o Paris Saint-Germain.

 

 

Surpresa! Ronaldo na Inter de Milão

 

Feliz no Barcelona, foi com espanto que recebeu a notícia que a Internazionale finalmente conseguira acertar com ele, pagando a multa rescisória de 32 milhões de dólares para o Barça.

 

 

A razão principal da saída do Barça teria sido a negativa do presidente Josep Lluis Núñez em aumentar o salário do atacante.

 

Aos 20 anos quando vai para a Inter de Milão, Ronaldo foi do céu ao inferno várias vezes.

 

 

Apelidado de Fenômeno no Inter

 

Para quem não sabe o jogador foi apelidado de Il Fenomeno (O Fenômeno) jogando pela Internazionale na temporada em que foi o melhor do mundo pela segunda vez.

 

 

Fenômeno Eleito Melhor do Mundo pela Segunda vez

 

A Inter não ganhava o Campeonato Italiano havia sete anos e Ronaldo, usando a camisa 10 (o número 9 pertencia ao chileno Iván Zamorano) não decepcionou o clube: encerrou o ano de 1997 com 14 Gols em 19 jogos oficiais.

 

Foi novamente eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA. A imprensa italiana o apelidou de Il Fenomeno. Recebeu também a Bola de Ouro da France Football  (ignoraram Ronaldo no ano anterior em favor do alemão Matthias Sammer).

 

 

Na Inter, Ronaldo continuou a marcar gols e terminaria o campeonato na vice-artilharia, com 25 Gols marcados, dois a menos que o alemão Oliver Bierhoff. Entretanto, o título seria polemicamente perdido para a Juventus, em um confronto direto em que um pênalti não-marcado de Mark Iuliano sobre ele repercutiu por semanas no país. Em 1997/98 veria como consolação o título da Copa da UEFA.

 

 

As primeiras graves lesões

 

A temporada 1998/99 teve sua convulsão, pouco antes da final da Copa do Mundo de 1998, onde a França ganhou o título aplicando 3 x 0 na Seleção Brasileira. Isso ficou rendendo comentários por longo tempo.

 

A Inter fez um campeonato ruim e viu o outro rival, o Milan, ganhar o título. Usando finalmente o número 9 (Zamorano ficou com a camisa 18), Ronaldo pouco jogaria pelos nerazzurri, por diversos fatores: ora compromissos com patrocinadores (Brahma, Parmalat, Pirelli e Nike), ora com a Seleção, ora tendinite.

 

A temporada 1999/00 seria de menos partidas ainda: em jogo contra o Lecce, estourou o joelho e teria de esperar cinco meses para voltar aos gramados. Afastado dos jogos da Internazionale devido ao joelho estourado, acabou não chamado para a Copa das Confederações de 1999, em que o Brasil perdeu o título para o México

 

Ronaldo voltou em 12 de abril de 2000, uma semana após o nascimento de seu filho Ronald, em jogo válido pelas decisões da Copa da Itália, contra a Lazio.

 

 

Mal entrou em campo e seu joelho direito cedeu no primeiro drible, saindo do lugar. No dia seguinte, iniciou nova recuperação, desta vez bem mais lenta: 8 meses foram inicialmente previstos, que depois resultariam em 15 meses.

 

Muitos diziam que Ronaldo não voltaria a jogar futebol, ou até voltaria, mas não como antes.

 

 

A volta de Ronaldo Fenômeno

 

2001 chegou e Ronaldo continuou sua volta gradual e cautelosa. Voltou a jogar oficialmente em partida da Copa da UEFA, contra o Braşov, da Romênia. Entretanto, pequenas contraturas e estiramentos impediram-no de jogar normalmente naquele ano.

 

A temporada 2001/02 prosseguiu com Ronaldo sendo utilizado ocasionalmente. A Inter liderava o campeonato italiano e poderia finalmente quebrar o jejum, que se arrastava já havia 12 anos.

 

Na última rodada, a adversária seria a Lazio, mesma que trazia más recordações ao atacante. Acaso ou não, a Internazionale perdeu por 2 x 4 e a taça parou na Juventus. Substituído no decorrer do jogo, Ronaldo chorou para as câmeras.

 

 

Tempos de mudança vieram após uma recuperação surpreendente. Na Copa do Mundo de 2002 Ronaldo Brilhou.

 

 

Renascendo em 2002 para o Futebol e para Seleção

 

Depois de dois anos, voltou a jogar pela Seleção em março, em amistoso contra a Iugoslávia. Voltou a marcar gol no final de maio, contra a Malásia. A Copa do Mundo veio e o Fenômeno ressurgiu, marcando 8 vezes, deixando de marcar gol apenas contra a Inglaterra.

 

Sem ritmo de jogo e com uma grande cicatriz no joelho direito, ainda assim Ronaldo foi chamado para a Copa do Mundo de 2002 por Luiz Felipe Scolari.

 

 

A artilharia do mundial incluiu os 2 gols na decisão, contra a Alemanha.

 

A campanha na Copa de 2002 foi determinante para que ele voltasse a ser levado a sério, bem como para que recebesse pela terceira vez o prêmio de melhor jogador do mundo pela FIFA, ao final do ano.

 

 

Ronaldo Quis Sair da Internazionale

 

A Inter de Milão recebeu de braços abertos o comandante do pentacampeonato da Seleção Brasileira. Ronaldo, entretanto, começou a forçar a sua saída.

 

A razão seria a permanência do técnico Héctor Cúper, a quem Ronaldo acusava de usá-lo em campo sem condições físicas adequadas. Ronaldo deixou a Inter tendo ganho apenas uma Copa da UEFA em 5 temporadas pelo clube.

 

 

Saiu da Inter xingado

 

Deixou a Itália com a torcida sentindo enorme ingratidão do brasileiro: para eles, o atacante virou Il Fuggitivo, ainda mais em função de que a razão para a saída seria a insatisfação do jogador com salário. Estava insatisfeito em receber menos que os colegas Álvaro Recoba e Christian Vieri.

 

Pela Inter de Milão Ronaldo Jogou 99 Partidas e Marcou 59 Gols.

 

 

2002 Ronaldo Fenômeno vai para o Real Madrid

 

Inicialmente, Ronaldo se ofereceu ao seu ex-clube, o Barcelona. Em crise, o clube catalão não podia arcar com a multa rescisória. O Real Madrid então veio e, por 39 milhões de euros, o levou em 31 de agosto de 2002, quando se esgotava o prazo para as inscrições na temporada 2002/03.

 

 

Estreou no Santiago Bernabéu frente ao Alavés, marcando o seu primeiro gol com a camisa do Real. A partir de então, seguiu-se uma interminável lista de gols e noites memoráveis para o Madrid. Logo na primeira temporada, justificou a sua contratação com dois troféus, a Liga espanhola e a Taça Intercontinental.

 

 

A temporada 2006/07 começou sem o presidente Florentino Pérez, responsável pelas contratações galáticas, e com o clube preocupando-se em voltar aos títulos. Ronaldo passou a ser sombreado pela contratação de Van Nistelrooy.

 

Sem espaço no time e constantemente criticado pelo seu peso, Ronaldo decidiu deixar o Real Madrid no decorrer da temporada.

 

Pelo Real Madrid até 2006, foram 177 Jogos Oficiais e 104 gols Marcados. Ronaldo é considerado uma lenda no clube merengue.

 

 

Fenômeno no Milan

 

Ronaldo acertou sua volta a Itália, mas não na Internazionale e sim em um rival: o Milan. A transferência foi oficializada em 18 de janeiro de 2007, pela quantia de 7,5 milhões de euros, e Ronaldo recebeu a camisa de número 99, a 9 já pertencia a Inzaghi.

 

 

O Milan tinha poucas condições de vencer o Campeonato Italiano: Iniciou a competição com oito pontos negativos, como punição do envolvimento do clube no que ficou conhecido como Calciocaos, escândalo de manipulação de resultados.

 

Na Liga dos Campeões da UEFA, Ronaldo não poderia jogar: o regulamento impedia que um mesmo jogador defenda duas equipes diferentes, e ele já havia atuado pelo Real Madrid. Acabaria assistindo das arquibancadas os colegas vencerem a Champions. Ele voltou a deixar crescer os cabelos no Milan, em uma forma de diferenciar-se dos tempos de Inter, onde ostentava uma careca raspada.

 

A estrutura do clube rossonero permitiu-lhe descobrir que possuía hipotireodismo, razão de seu sobre-peso. Ronaldo tratou o problema e iniciou a temporada 2007/08 5,5 Kg mais magro. O Fenômeno também formou um trio com os compatriotas Kaká e Pato denominado Ka-Pa-Ro.

 

 

A promissora temporada, acabaria para ele em 13 de fevereiro de 2008, no jogo contra o Livorno. Após substituir Gilardino no segundo tempo, Ronaldo, em sua primeira participação no jogo para variar, acabou se lesionando na hora de um salto, saindo de campo em seguida chorando, em uma noite que relembrou o dia em que lesionou o joelho contra a Lazio, jogando pela Inter em 2000.

 

 

A temporada 2007/08 encerrou-se com Ronaldo parado e desligado do Milan, que decidiu não renovar o contrato do jogador. Em 2 anos de clube Ronaldo jogou apenas 20 partidas e fez 9 gols.

 

 

Treinamento no Flamengo

 

Após sua saída do Milan, Ronaldo expressou algumas vezes a vontade de defender o Flamengo, do qual é torcedor declarado.

 

O craque chegou a treinar no clube da Gávea para recuperar-se da cirurgia no joelho. Já havia sido sondado pelo time do coração no início do ano, quando o Flamengo estava fazendo propostas para a disputa da Copa Libertadores da América. Mas na ocasião, as conversas não avançaram.

 

 

Já há vários dias no centro de treinamento do Flamengo, ao que parecia ele voltaria ao futebol europeu, onde havia boatos de sua contratação pelo Manchester City ou pelo Paris Saint-Germain.

 

 

Corinthians

 

O Corinthians tinha interesse na contratação de Ronaldo mas foi tratado como algo impossível no Parque São Jorge. Em uma reunião sobre a permanência do atacante Morais na equipe corintiana, também empresariado por Fabiano Farah, o assunto Fenômeno surgiu na pauta.

 

Após um tempo treinando na Gávea e sem receber nenhuma proposta para ficar no clube, Ronaldo acertou a sua volta ao Brasil depois de 14 anos pelo Corinthians.

 

Em 9 de dezembro de 2008, o anúncio da contratação do Fenômeno foi feito pelo presidente corintiano Andrés Sanchez através do site oficial do clube.

 

 

Em 12 de dezembro, a diretoria organizou uma festa pela chegada do jogador no clube com a presença de torcedores no Estádio Alfredo Schürig. Ronaldo assinou oficialmente o contrato em 17 de dezembro. De acordo com o contrato, o atacante receberia o valor fixo de 400 mil reais mais o valor do patrocínio na camisa do clube, onde 20% seriam do patrocinador principal e 80% da manga e calção.

 

 

Durante os primeiros dois meses no Corinthians, Ronaldo realizou trabalhos físicos para que pudesse ter condições para retornar aos gramados. Aos poucos, o jogador começou a treinar junto aos demais atletas do elenco e aumentavam as expectativas para sua reestreia no futebol brasileiro.

 

Dribles de Ronaldo Fenômeno no Corinthians

 

No primeiro ano de Corinthians Ronaldo foi Campeonato Paulista 2009 com lindo gol de cobertura. Logo depois Campeão da Copa do Brasil 2009.

 

Fenômeno Lances Show – Corinthians

 

No Corinthians Ronaldo jogou 69 jogos oficias e marcou 35 gols.

 

 

Aposentadoria

 

Em 2010-2011 Ronaldo não consegue manter um nível e decidiu terminar sua extraordinária carreira como jogador de futebol.

 

 

Depois da desclassificação precoce na Libertadores da América de 2011, Ronaldo não conseguiu mais suportar suas dores físicas, e decidiu anunciar oficialmente a sua aposentadoria em 14 de fevereiro de 2011, numa coletiva de imprensa.

 

Segundo ele, sua aposentadoria se deu pelo fato de estar sofrendo seguidas lesões, inclusive falando que sofria hipotireoidismo, um distúrbio metabólico que desacelera o metabolismo e dificulta a perda de peso. Esse distúrbio foi descoberto quando ele jogava no Milan.

 

O jogador afirmou que o problema poderia ser resolvido com ingestão de hormônios, porém, esta prática é proibida no futebol, e acarretaria numa suspensão por dopping.

 

Alguns médicos discordaram que o tratamento seja confundido com dopping e o próprio médico do Corinthians afirmou que Ronaldo não tinha esta doença. Além do mais esta doença evita emagrecer mas não engorda.

 

 

O que o Fenômeno disse sobre sua aposentadoria

 

” Depois de mais uma lesão, eu refleti muito em casa e decidi que era o momento de parar. Que não ia esperar mais e tinha realmente dado o máximo que eu nunca imaginei que poderia chegar. É muito duro abandonar o que te deixa feliz, tem tanto amor e poderia seguir porque mentalmente e psicologicamente ainda quero muito. Mas também tenho que assumir algumas derrotas. Eu perdi para o meu corpo. “

 

 

Quanto Gols Ronaldo Fenômeno fez na Carreira?

 

Em sua vitoriosa carreira como jogador de futebol, Ronaldo disputou 529 Jogos Oficiais e fez 364 Gols.

 

 

Quantos Títulos Fenômeno Ganhou?

 

Ronaldo conquistou 22 títulos, entre eles 2 Copas do Mundo _ 1994 sem jogar, e em 2002 arrebentando _. Conquistou também 3 vezes o prêmio FIFA de Melhor Jogador do Mundo.

 

 

2º Maior Artilheiro das Copas

 

Ronaldo Fenômeno é o segundo maior artilheiro em Copas do Mundo, ficando atrás apenas do alemão Miroslav Klose, que ultrapassou a marca do brasileiro na Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

 

 

 

Pós-carreira

 

Após sua aposentadoria como jogador futebolista, em fevereiro de 2011, Ronaldo passou a dedicar-se ao ramo empresarial, fundando a 9ine, uma empresa de marketing esportivo responsável por gerenciar carreiras de atletas.

 

 

Atualmente, a agência conta com nomes renomados do esporte mundial, como os também jogadores Neymar e Paulo Henrique Ganso e o lutador Anderson Silva.

 

O “Fenômeno” já anunciou que futuramente a empresa pretende expandir seus negócios e agenciar também artistas e cantores.

 

Em 14 de fevereiro de 2012, Ronaldo comemorou o primeiro ano desde sua aposentadoria do futebol num jantar para amigos realizado em São Paulo.

 

 

Ronaldo no Comitê da Copa do Mundo

 

Em 1 de dezembro de 2011, o presidente da CBF na época, Ricardo Teixeira, confirmou que Ronaldo seria também membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo FIFA de 2014, que foi realizada no Brasil.

 

A função de Ronaldo na organização da Copa do Mundo foi muito importante. Tanto que a notícia chegou ao presidente da entidade máxima do futebol, a FIFA. Joseph Blatter se disse muito satisfeito com o “compromisso de Ronaldo de contribuir para o sucesso da Copa do Mundo”.

 

 

Ronaldo Envergonhado

 

A poucos dias do início do torneio, o ex-jogador disse que se sentia “envergonhado” pelos atrasos nas obras e burocracia na organização da competição no país.

 

 

Deu muito certo esta função atribuída ao Ronaldo em 2014 e o ex-Jogador continuou integrando o Comitê Organizador da Copa do Mundo. Segundo a revista Forbes, Ronaldo está entre os 100 jogadores mais influentes de todos os tempos.

 

 

 

Ronaldo é Dono de Um Time de Futebol

 

Atualmente, o ex-jogador é o presidente do Fort Lauderdale Strikers, time da NASL, uma das mais importantes ligas dos Estados Unidos.

 

 

Conclusão

 

Existem jogadores que foram craques, o Ronaldo Fenômeno foi um gênio no futebol.  É muito óbvio que ele teria muito mais conquistas no futebol se não fosse as lesões, isso com certeza.

 

Adeus Ronaldo

 

Ele poderia ter voltado para o Brasil antes, como também poderia ter voltado para jogar no Cruzeiro, clube que o revelou para o mundo. Ele escolheu jogar no Corinthians e teve um boa passagem no clube.

 

Obrigado por Chegar Até aqui.  Compartilhe a História do Fenômeno com seus amigos.

Leave a comment
Stay up to date
Register now to get updates on promotions and coupons.

Carrinho de compras

×